Como eu disse no post anterior, a região da Serra do Cipó está cheia de cachoeiras para visitar e hoje é dia de visitar a Cachoeira da Farofa.

Onde: Cachoeira da Farofa

Duração: 1 dia inteiro

Distância: 102 km, partindo do centro de Belo Horizonte.

Como ir: 

De carro: Pela MG 010, atravessa a cidade de Lagoa Santa, e continua seguindo pela MG- 010. É só seguir as placas indicativas, não tem erro!

De ônibus: A empresa Saritur faz esse trajeto. Em junho/2019 a passagem está R$ 30,30 (valor sujeito a alteração) e a viagem dura em torno de 2:30 h até chegar na Serra do Cipó. Segue o link: Saritur

SAC: 0800 039 88 46 / (31) 3479-4300 – atendimento ao cliente da Saritur.

Entrada: Gratuita e tem estacionamento gratuito também.

Alimentação: O local não possui restaurantes ou lanchonete.

O que levar e dicas: Leve àgua, se você não quiser tomar água do rio. Repelente se quiser voltar inteiro da caminhada, sem picadas de mosquitinhos. Lanche pra forrar o estômago no meio do caminho e uma sacola para o seu lixo pessoal. Muita disposição. Peças de roupas extras. Protetor solar. Tênis velho. Roupa de banho (você vai ter que atravessar os rios do caminho).

mapa

Confirmando as coordenadas pelo mapa físico.

trilha

Olha que sorriso lindo!!! Durou pouco… rss rss

caminho

E aqui começa minha caminhada. E eu toda inocente pensando que seria fácil, afinal o que são 8 km???

trilha

Já cansada e semi desidratada! Olha a minha cara de quem está sentindo que algo vai acontecer…. por isso é importante levar uma garrafa de água. O caminho tem poucos lugares com sombra, então o melhor horário pra iniciar a caminha é pela manhã, quando o sol está mais fraco.

sombra

Eu e minha sombra, companheiras perfeitas!

rio

E o primeiro rio aparece. Nesse molhei até o joelho. E como não tinha uma garrafinha de água, bebi meio litro… rss rss

córrego das pedras

Águas cristalinas do Côrrego das Pedras.

mangues do caminho

Saiba que dependendo da época que você for, pode ter que atravessar mangues também, por isso a dica do sapato velho.

águas límpidas

O segundo rio… razinho né? Pura ilusão. A água bate no meu peito (tenho 1,60m), e isso porque não choveu. A gente vai entrando e ele vai ficando mais fundo. A água é cristalina e no fundo é cheio de troncos de árvores. A água puxa um pouquinho e o jeito é atravessar olhando só pro outro lado, pra água não te levar. Cheio de peixes pequenos e médios.

feliz e cansada

Olha a cara!!!! kkkkkk Nossa o que que eu tô fazendo aqui… a mais de uma hora andando. O nível de dificuldade da caminhada é moderado. Pessoas sedentárias, como eu, sofrem um pouco.

paisagem

E o pontinho branco no paredão é o nosso objetivo.

rio

E mais um rio pra atravessar…

árvores

Essa paisagem vale o sacrifício…

quase lá

Chegando… depois de 2 horas de caminhada.

cachoeira da farofa

Pronto, agora é só apreciar!!!

cachoeira da farofa

Tô viva, mas vou ter que voltar… ih rapaz!

pés

Valeu perninhas e pezinhos… vocês foram demais!!!

queda d'água

Lindo né…

escalando

Toda molhada… e feliz!

aventureira

Aventureira sim!!!!!! Uhuuuhuuuu…

tranquilidade...

Essa é pra sonhar!

borboleta - registro lindo

“O segredo não é correr atrás das borboletas, e sim cuidar do jardim pra que elas sempre voltem…”

valeu...

E terminou assim…

pés molhados e sujos

Ah se a minha mãe vê isso… rss rss

Siga, curta e compartilhe!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *